É relevante entender…

  • As preferências dos consumidores;
  • As tendências globais;
  • E como estão a afetar os portugueses mais vulneráveis.

PARTICIPE APOIANDO

Conheça alguns factos e saiba mais sobre o seu impacto:

NEM TODOS UTILIZAM INTERNET

23% dos indivíduos em Portugal com idade entre os 16 e os 74 anos, nunca utilizaram a internet – em casa, no trabalho ou em qualquer outro lugar, para fins particulares ou profissionais.

Fonte: EUROSTAT, 2018

A AFIRMAÇÃO “O FABRICO DE PAPEL DESTRÓI AS FLORESTAS” É UM MITO

A área florestal europeia aumentou quase 17 milhões de hectares nos últimos 20 anos, o que representa um aumento anual superior a 11 vezes a área da ilha da Madeira.

Fonte: UNECE, 2010

OS CONSUMIDORES QUEREM ESCOLHER

48% dos consumidores inquiridos em Portugal preferem receber documentos em formato físico.

Fonte: Pitagórica, 2019

COMPARAR O IMPACTE AMBIENTAL

Com um tempo de leitura de 30 minutos por dia, o impacte ambiental da leitura de um jornal online, no geral, tem o mesmo impacte ambiental que um jornal impresso.

Fonte: Swedish Royal Institute for Technology

COMUNICAÇÃO SUSTENTÁVEL

As árvores, principal matéria-prima do papel, são um amplo armazém de carbono e o principal absorvedor de dióxido de carbono da atmosfera. O Conselho Europeu tem, inclusivamente, reconhecido os produtos da madeira como amigos do ambiente. Uma gestão florestal sustentável ajuda a reduzir as emissões mundiais de dióxido de carbono.

Fonte: Agência Europeia do Ambiente, 2010

RECORD DE RECICLAGEM DO PAPEL

Em 2017, 72.3% de todo o consumo de papel na Europa foi reciclado.
22% do consumo de papel não pode ser recolhido ou reciclado.

Fonte: European Paper Recycling Council (EPRC) 2017

A FRAUDE PELA INTERNET É MAIS FREQUENTE

54% dos consumidores afirmam que provavelmente se depararão com publicidade enganosa ou ofertas e anúncios fraudulentos na Internet – muito mais dos que mencionam o telefone (18%), correio (15%) e venda porta a porta.

Fonte: Fraud in Cross-border e-commerce, European Commission, 2017

QUASE METADE DOS CONSUMIDORES PREFERE EM PAPEL

Dois em cada três consumidores portugueses, que preferem receber documentos em formato físico, dizem não ter acesso a computador ou internet e que é mais fácil o acesso à informação. A maioria dos consumidores inquiridos recebe correspondência do Estado (Segurança Social, Autoridade Tributária, reformas, entre outros) em papel.

Fonte: Pitagórica, 2019

© Copyright - Keep Me Posted Portugal | Política de Privacidade