Os CTT, a APIGRAF (Associação Portuguesa das Indústrias Gráficas e Transformadora do Papel) e a CELPA (Associação da Indústria Papeleira) lançaram em Portugal uma iniciativa que visa promover uma escolha informada do cidadão sobre a forma de receber a sua correspondência.


Intitulada ‘Keep Me Posted – O Direito à Escolha do Cidadão’, esta iniciativa surge com o objetivo de promover o direito do cidadão de escolher a forma como quer receber informações importantes, tais como avisos, documentos de liquidação ou relativos a eleições, contas e extratos dos prestadores de serviços, sem qualquer penalização ou imposição face à escolha do suporte em papel face ao digital.

Esta apresenta-se como uma campanha presente a nível europeu e que pretende promover a inclusão dos consumidores, em particular os mais vulneráveis – isto porque, de acordo com dados relativos ao ano de 2018 e que foram divulgados pelo INE – Instituto Nacional de Estatística, cerca de 25% dos agregados familiares (domésticos) portugueses não utilizam a internet.

A campanha europeia, que reúne o apoio de diversos grupos de consumidores e de instituições, vem juntar-se a outras que promovem a liberdade de escolha dos cidadãos relativamente ao suporte físico ou digital de correspondência – destaque, a este nível, para a campanha institucional da União Europeia e para outras presentes em países como Espanha, Reino Unido, Eslovénia, Áustria, Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Austrália e Estados Unidos da América do Norte.

A este propósito, os CTT, a APIGRAF e a CELPA criaram o site www.keepmepostedportugal.pt, que pretende dar a conhecer a campanha, os factos que estão por detrás da sua criação e dados concretos que pretendem apoiar a escolha de cada um, informando ainda os meios de participação. Folhetos impressos podem, ainda, ser recolhidos nos espaços CTT a nível nacional, os quais dão a conhecer esta iniciativa.

Fonte: Imagens de Marca

1 reply

Comments are closed.